saude-mental-funcionarios

Como o COVID-19 afeta a saúde mental dos funcionários

Desde o surto do coronavírus (COVID-19), vidas de pessoas em todo o mundo mudaram dramaticamente. Lojas e restaurantes fecharam, pequenas empresas fecharam, crianças estão sendo educadas em casa e funcionários são obrigados a teletrabalhar. Isso nos apresentou desafios novos e únicos que afetam a saúde mental e o bem-estar dos colaboradores.

Para muitos funcionários, essa é a primeira vez que se trabalha remotamente, o que apresenta seus próprios desafios. Mas essa não é a única coisa que atormenta os funcionários no momento. Estar isolado dos amigos e da família é uma das principais dificuldades para muitos. 

Além disso, nossas rotinas diárias também foram afetadas, o que nos leva a ser mais suscetíveis ao aumento da ansiedade, estresse e pânico. Embora seja bastante comum para os empregadores apoiarem a saúde física com, por exemplo, abonos para ginásios, a saúde mental dos funcionários geralmente é negligenciada.

Apoiar os funcionários durante a situação que vivemos devido ao coronavírus deve estar no topo das listas de prioridades dos empregadores. Hoje discutiremos as estratégias que os gestores podem adotar para apoiar os seus trabalhadores enquanto estiverem em quarentena.

Trabalho Remoto durante o COVID-19

Os trabalhadores têm sido estimulados a trabalhar em casa durante a pandemia do COVID-19. Isso é resultado do esforço global para impedir a propagação do vírus, com a esperança de retornar à normalidade o mais rápido possível. No entanto, isso apresenta uma série de problemas, pois os funcionários precisam adaptar-se rapidamente a situações desconhecidas. Algumas das principais lutas que os funcionários estão a enfrentar atualmente incluem:

Interrupção da rotina normal 

Agora, mais do que nunca, o modo de vida normal, de todos no planeta, foi abalado. Muitos acharão esse momento difícil para adaptar-se. Os funcionários podem não ter estrutura no dia-a-dia e podem não conseguir manter a sua rotina habitual. 

Isso pode incluir acordar tarde, comer em intervalos irregulares, perda do autocuidado e diminuição da atividade física. É importante incentivar os funcionários a manter uma rotina regular, apesar das circunstâncias incomuns.

filhos-pequenos-saude-mental

Gerir os filhos pequenos em casa 

Como as escolas estão atualmente fechadas, os pais agora serão forçados a gerir os cuidados com os filhos por conta própria, enquanto os pequenos estudam em casa. Tudo isso, além de tentar fazer o trabalho deles também. É importante que os empregadores entendam que os horários de trabalho desses indivíduos precisarão ser adaptados para acomodar a nova situação. Caso contrário, a sua produtividade pode piorar e afetar a conclusão das tarefas diárias.

Limitações tecnológicas

Alguns trabalhadores podem encontrar problemas tecnológicos em casa. Por exemplo, a internet que possuem em casa pode ser mais lenta que no escritório. Eles também podem ter problemas com o sinal ao se conectarem às reuniões. Já que os escritórios estão mais bem equipados do que a sala de estar de uma pessoa comum. 

Como tal, os funcionários podem ser mais lentos ao concluir suas tarefas normais. No entanto, existem centenas de ferramentas e apps online para ajudá-lo a trabalhar em casa.

Vamos falar sobre a saúde mental

Obviamente, é difícil para que as pessoas se adaptem a essas novas mudanças nas suas vidas diárias. Mas isso não é tudo. O isolamento que agora estão a experimentar, provavelmente afetará a sua saúde mental. 

Os colaboradores podem começar a sentir a solidão como resultado do isolamento social, principalmente se morarem sozinhos. Como resultado, eles podem começar a sentir-se ansiosos ou deprimidos. 

Seus padrões de sono podem se tornar irregulares, já que provavelmente não estão a receber ar fresco suficiente. Nem a praticar exercícios regularmente. Além disso, as dietas entre aqueles que sofrem de ansiedade podem sofrer ao pular refeições ou comer fast-food. Se eles são fumantes, podem começar a fumar muito ou a consumir quantidades maiores de álcool.

Por fim, provou-se que o efeito do confinamento prolongado tem um impacto maciço na saúde mental dos funcionários. Por sua vez, situações como estas afetam facilmente a produtividade dos colaboradores quando o suporte correto não é fornecido. Vamos mergulhar em algumas estratégias que pode aplicar para ajudá-los de maneira mais eficaz.

Saúde Mental dos Funcionários: Estratégias de Apoio à Equipa

Sejamos honestos, o assunto do momento é sobre como o Coronavírus está a afetar não apenas a saúde física das pessoas, mas está a prejudicar as finanças da empresa. Sim, estes dois pontos são muito importantes. Mas existe algo ainda mais crucial para o funcionamento de uma empresa.

Se um colaborador estiver emocionalmente e mentalmente cansado, ele será incapaz de realizar o seu trabalho como antes. É por esse motivo que é incrivelmente importante apoiar os seus funcionários em momentos de crise.

Para ajudar seus funcionários enquanto eles estão trabalhar remotamente, a sua empresa pode implementar as seguintes estratégias durante este período difícil.

comunicacao-saude-mental

1. Manter uma comunicação eficaz

É importante observar que o distanciamento social não significa isolamento social. Portanto, é essencial incentivar a equipa a manter uma comunicação regular com outros colegas e com os entes queridos. Isso pode ser feito através reuniões regulares ou videochamada para verificar como estão os membros da equipa. 

Lembre-se que perguntar a todos como estão deve ser uma prática diária. Assim como cumprimenta os seus colegas todas as manhãs no escritório, deve continuar a fazer o mesmo, mesmo que todos estejam a trabalhar remotamente. 

2. Ter um espaço de trabalho positivo

Saliente a importância de criar um espaço de trabalho positivo. Um que seja limpo, leve, espaçoso e longe da televisão ou de outras distrações. Isso o ajudará a criar uma atmosfera propícia ao teletrabalho. 

Também é útil incentivar os trabalhadores a dedicar uma sala ao trabalho e outra para relaxar. Isto separará o espaço de trabalho do espaço de lazer em casa.

3. Mantenha uma rotina sólida 

Organize reuniões diárias pela manhã para garantir que os funcionários estão prontos para começar o dia. Da mesma forma, estabelecer horários específicos para pausas e almoços leva a equipa a fazer pausas regulares. O objetivo disso é construir um senso de rotina e normalidade na vida cotidiana dos funcionários. 

Certifique-se de incentivar a equipa a manter esses limites saudáveis. Agora, no caso da sua empresa ter horário de trabalho flexível, você pode continuar mantendo isso; no entanto, é aconselhável que as pessoas saibam quando você entra, vai almoçar e sai para passar o dia.

4. Compreender o ambiente de casa 

No escritório, não é necessário que um gestor se interesse muito sobre vida pessoal dos funcionários. No entanto, com os funcionários a trabalhar em casa, os gestores devem entender suas condições de vida e ser ainda mais solidários com eles. Por exemplo, os colaboradores podem ter filhos ou outros familiar em casa durante esse período. E é vital que isso seja entendido e aceito.

desconectar-saude-mental

5. Incentivar a desconexão

Uma estratégia para cuidar da saúde mental pode ser sugerir uma desconexão da equipa. Meditar, ler, praticar yoga e pintura são ótimos exemplos de coisas que os colaboradores podem realizar fora do horário de trabalho. Os colegas podem criar um clube do livro on-line ou aulas de yoga para socializar fora da jornada de trabalho. Isso não apenas manterá a saúde mental dos funcionários sob controle, como também aumentará a produtividade.

O futuro da saúde mental dos funcionários no local de trabalho

Essas estratégias são ótimas em circunstâncias atenuantes, como durante a pandemia do novo coronavírus. No entanto, é uma boa idéia para os gestores continuarem a tratar também da saúde mental dos funcionários em condições normais de trabalho. A saúde mental é uma causa crescente de preocupação em toda a sociedade hoje. As pessoas enfrentam mais pressão do que nunca no local de trabalho, nas famílias, em seus relacionamentos e nas mídias sociais.

Portanto, a conversa sobre questões de saúde mental dos funcionários, bem-estar emocional e saúde física deve ser priorizada igualmente. Isso não só ajuda o convívio em sociedade, mas também melhora a produtividade e a produção no local de trabalho.

Registe-se grátis e comece a utilizar o nosso software de Recursos Humanos!

This post is also available in: English Italiano Français

Leave a Comment