Ir para o conteúdo

Tipos de liderança: Quais são e como atuam?

tipos-de-liderança

Dependendo dos tipos de liderança que existam numa empresa, os resultados mensais ou anuais são impactados pela forma como é gerida e liderada uma equipa de trabalho.

Uma liderança eficiente, acessível e alinhada com a equipa é fundamental para que as organizações se mantenham ativas e produtivas. Existem muitos tipos de liderança, e cada uma tem a sua maneira de atuar.

Ainda assim, o objetivo principal de um líder deve ser analisar o seu comportamento e atitudes e tentar melhorar sempre. Este pensamento irá ajudá-lo a liderar a sua equipa da forma mais eficiente possível e a procurar soluções que estejam realmente alinhadas com os objetivos da sua área ou empresa.

Neste artigo trazemos exemplos dos tipos de liderança mais comuns no mercado de trabalho, quais os pontos a que devem prestar mais atenção e damos algumas dicas sobre como melhorar a forma como lideram.

Tabela de Conteúdos:

performance

O que é a liderança nas empresas?

Existem inúmeros estudos sobre liderança que procuram definir o papel, deveres e funções de um líder. No dicionário, a definição de liderança é “a capacidade de influenciar um grupo em direção a realização de metas.”.

A liderança vai muito além desta definição. Liderar é incentivar, orientar, motivar e ligar-se com as pessoas que estão sob a sua supervisão.

Num contexto empresarial, um líder deve agir tendo em vista aos objetivos da sua área e empresa e moldar a sua gestão de acordo com eles. Para além disso, a sua função inclui garantir que os seus colaboradores trabalhem na mesma direção, claro, ajudar no desenvolvimento da sua equipa.

A verdade é que a liderança não é algo fácil de descrever, uma vez que existem diversos tipos de liderança diferentes.

Liderar é complexo e exige um conjunto de capacidades e conhecimentos difíceis de serem medidos. Por isso, cada líder desenvolve-se e comporta-se de certa uma forma, e reconhecer quais são as suas características mais marcantes é essencial.

Não podemos esquecer, contudo, que a forma como um líder se comporta e lida com pessoas e situações influencia diretamente os seus colaboradores.

A motivação no trabalho e produtividade pode depender, também, do tipo de liderança que tenham dentro da sua organização e equipa. Para além disso, inspirar-se noutros exemplos de liderança que agem de forma diferente pode trazer resultados muito  positivos.

Como conhecer os tipos de liderança me pode ajudar?

À primeira vista pode parecer um assunto sem importância. Afinal, se a forma como lidera está a funcionar, porquê mudar, certo?

Talvez. Muitas vezes, com tantas exigências no dia a dia, não paramos para analisar se temos espaço para ir mais além. A estabilidade pode trazer um certo conforto, mas na maioria das vezes se olharmos mais a fundo, temos muitas oportunidades de desenvolvimento e melhoria.

No caso de um líder, procurar oportunidades de melhoria e adaptação é ainda mais importante. As atitudes de um líder servem de modelo para os funcionários, e podem refletir-se na forma como lidam com desafios, crises e como executam as suas tarefas diárias.

Ainda que existam muitos tipos de liderança, cada um com as suas características específicas. Desta forma, é importante para os gestores e líderes em geral saberem em qual dos tipos se encaixam mais, para que percebam melhor como podem desenvolver os seus pontos fortes e melhorar os seus pontos fracos.

Um líder é sempre um modelo para os seus funcionários, mas como é que ele pode ser mais do que isso? Como pode ser um bom exemplo? Como saber onde pode melhorar? Vamos ver isso a seguir.

👉 Saiba como construir um Plano de Desenvolvimento Individual (PDI)

Tipos de liderança nas organizações

A seguir indicamos os tipos de liderança mais comuns nas empresas e destacamos o pontos que devem ser reconsiderados pelo líder em cada modalidade.

Liderança Autoritária

Neste modelo, o líder costuma ser rigoroso em relação a regras e normas, exigente com os resultados dos seus colaboradores e pouco flexível com as opiniões diferentes da sua.

Este líder define o que é feito, e não costuma aceitar a participação dos seus funcionários nas tomadas de decisão.

Entre todos os tipos de liderança, este é talvez um dos mais questionados nos dias de hoje. Estudos científicos provam que funcionários felizes, que se sentem bem no ambiente de trabalho, tendem a ser mais produtivos e criativos. Dificilmente isto ocorre sob este tipo de liderança.

Pontos de atenção:

  • Flexibilidade;
  • Melhorar a comunicação com a sua equipa, por exemplo, através da valorização de opiniões e novas ideias;
  • Maior confiança na capacidade dos outros;
  • Valorização das conquistas (pequenas e grandes) dos colegas de trabalho;
  • Promoção de atividades de team building. Podem ajudar a deixar a sua equipa mais à vontade na sua presença.

🗣 Leia a entrevista sobre Desenvolvimento de Lideranças com Mariana Lopez

Liderança Democrática

O líder democrático permite a participação de todos os membros da sua equipa na tomada de decisão. Este líder costuma ser aberto a opiniões, ideias e críticas de outras pessoas. E tenta considerar cada uma delas para encontrar a melhor forma de agir.

Para além disso, neste tipo de liderança, a participação é encorajada, o que acaba por se refletir em colaboradores mais positivos, confiantes e envolvidos.

Pontos de atenção:

  • Pensar na agilidade dos processos. Considerar a opinião alheia é importante, mas cuidado com o tempo que demora a tomar uma decisão!
  • Organização nos processos. Qual a melhor forma de envolver as pessoas e melhorar estas trocas de feedback?

melhorar-lideranca-nas-empresas

Liderança Liberal

Este tipo de liderança tende a deixar os colaboradores livres para tomarem as suas próprias decisões e para organizarem a sua rotina de trabalho da forma que acharem melhor.

O líder liberal acredita que as pessoas têm maturidade e capacidade para agirem da forma que acharem melhor. Além de acreditar que, assim, são capazes de atingir bons resultados.

Esta atitude costuma ser muito eficiente e deixa os funcionários confiantes e motivados para partilharem ideias e sugestões. Para além disso, é uma forma de descentralizar o trabalho e não sobrecarregar tanto a liderança.

Pontos de atenção:

  • Cuidado com a baixa produtividade. Aumentar a produtividade do trabalho dependende de avaliação e um maior controlo das entregas de trabalho e cumprimento de datas.
  • Maior disponibilidade para ajudar os colaboradores;
  • Preservar a figura de líder.

📚 [Artigo] Gestão de tempo e organização no trabalho: dicas e soluções

Liderança Visionária

O líder visionário é focado em resultados e procura antecipar as reações do mercado e situações futuras. Este líder incentiva os colaboradores a atuarem rumo a um determinado objetivo.

Para além disso, possui um forte sentido de oportunidade, que pode ser de extrema importância para a empresa.

Pontos de atenção:

  • Foco no presente pode perder-se;
  • Atenção ao work-life balance dos colaboradores e meça o nível de exigência.

📚 [Artigo] Stress no trabalho: causas, consequências e como evitar

Liderança Situacional

Conforme indica o nome, o líder situacional adapta as suas decisões e atitudes de acordo com a situação. Este líder tem o hábito de avaliar constantemente o contexto empresarial e os resultados dos seus colaboradores antes de agir.

Esta gestão de pessoas e de gestão de negócio podem evitar tanto problemas futuros na empresa, como também constrangimentos entre a equipa. E, claro, um nível de insatisfação dos colaboradores.

Pontos de atenção:

  • Algumas situações exigem soluções rápidas e nem sempre há tempo para uma avaliação prévia. Antecipar possíveis problemas é ótimo, mas é importante saber agir em momentos inesperados onde não houve preparação. Uma pandemia foi exemplo disso.

Liderança Coaching

Nesta modalidade, o líder coach procura desenvolver o potencial de cada funcionário. Este profissional tem a capacidade de identificar as habilidades dos seus colaboradores e sabe como desenvolvê-las com foco nos objetivos da empresa.

Com este tipo de liderança, os funcionários sentem-se motivados, confiantes e reconhecem a oportunidade de desenvolvimento profissional que o gestor e a empresa estão a oferecer.

Pontos de atenção:

  • Atribuir reconhecimento a um funcionário pode criar expectativas no resto da equipa. Organizar políticas de reconhecimento e ter estes parâmetros bem definidos pode ser importante.
  • Gestão de tempo. Saber gerir o tempo que dedica aos funcionários, mas não esquecer de dedicar tempo a si, às suas tarefas e à empresa como um todo!

Como melhorar enquanto líder?

Não há fórmula mágica para ser um bom líder. Ainda que existam diferentes tipos de liderança, o mais importante é avaliar o que funciona com a sua equipa e estar sempre atento ao que melhor se adapta aos objetivos da sua empresa.

Reunimos algumas dicas que lhe podem ser úteis para melhorar as suas capacidades de liderança e tornar-se um melhor líder:

  1. Seja o líder que gostaria de ter. Pense em como seria o seu trabalho caso fosse liderado por si próprio. De certeza que irá encontrar algum ponto que poderia ser melhorado;
  2. Comunique. Escute e converse com os seus colaboradores. Ter uma relação de confiança com eles, ajuda-os a que se sintam mais confiantes em partilhar ideias e sugestões. Esta partilha pode fazer toda a diferença;
  3. Seja humilde. Não ache que por trazer bons resultados para empresa, está tudo perfeito. De vez em quando é importante avaliar a própria gestão e encontrar pontos que podem ser melhorados;
  4. Seja um líder humano. Pode parecer tonto, mas a verdade é que muitas pessoas ao se tornarem líderes, se esquecem do que é estar do outro lado. Tratar os colaboradores como pessoas que possuem sentimentos, preferências e defeitos é essencial para que elas se sintam bem em trabalhar para si.
  5. Procure soluções que otimizem a gestão de pessoas. Muitas vezes, as tarefas do dia a dia afastam-nos do que realmente importa: as pessoas. Para isso, conte com sistemas que possam ajudá-lo a fazer a gestão de pessoas e a otimizar os processos burocráticos.

software-rh-dp-360

Tecnologia para uma boa gestão de pessoas

Contar com ferramentas que nos ajudem a organizar melhor o nosso trabalho e da nossa equipa, a centralizar informações, a tornar os processos mais ágeis, é crucial! Dependendo do tipo de liderança que siga, utilizar a tecnologia correta pode ajudar a melhorar a forma de trabalho da sua empresa.

Hoje em dia encontra diversas tecnologias para isso. A Factorial é um exemplo. Algumas das funcionalidades deste software de recursos humanos são:

✅ Experimente a Factorial grátis 14 dias e digitalize a sua empresa!

Postagens relacionadas

Tem alguma dúvida ou sugestão? Partilhe-as na Comunidade de RH!

Esta é uma comunidade feita por si e para todos os profissionais de RH!