Ir para o conteúdo
mentoring portugal

Mentoring: O que é e de que forma ajuda os Recursos Humanos

Em um mercado com tantas opções e desafios como o de hoje, é comum que muitas pessoas sintam-se perdidas e indecisas sobre o futuro. No entanto, existem muitas técnicas que podem ajudar estes profissionais na busca do desenvolvimento profissional e no autoconhecimento. Um desses processos, cada vez mais conhecidos, é o Mentoring.

O Mentoring, que pode ser aplicado tanto na vida pessoal quanto profissional, ajuda a orientar e esclarecer questões essenciais. Para o departamento de RH, conhecer a importância desse processo como estratégia de motivação no trabalho é fundamental para manter os talentos nas empresas, por exemplo. Isso porque este processo pode ser uma das chaves principais para fazer com que os funcionários cresçam e se desenvolvam.

Uma gestão de pessoas de sucesso pode usar o mentoring, ou a mentoria, para melhorar a produtividade de seus colaboradores. E assim, alcançar os objetivos de maneira eficaz e dentro dos prazos definidos. Existem muitos tipos de enfoques e metodologias de mentoring. Nos últimos meses em Portugal, por exemplo, a mentoria online tem ganhado  adeptos entre gestores de Recursos Humanos como forma de aumentar a motivação no teletrabalho.

Os benefícios de investir em mentoring para seus colaboradores são diversos. E é por isso que vamos te ajudar a conhecer melhor essa estratégia de gestão de pessoas de sucesso.

Nesse artigo, iremos explicar o que é mentoring, as diferenças entre mentoring e coaching, os tipos de mentoring que podem ser úteis para o seu negócio e muito mais. 

software-rh

O que é Mentoring?

Com o crescimento da popularidade das consultorias e formações nas empresas muitos termos surgiram e é fácil confundir cada um deles. Mas afinal,  o que é mentoring?

O Mentoring é um conjunto de práticas de mentoria e formação que tem como objetivo principal otimizar a performance dos colaboradores. E a motivação no trabalho está diretamente ligada a esse processo. De modo a partilhar técnicas e conhecimentos profissionais entre um mentor (ou uma pessoa que tem mais experiência) com um colaborador que precisa ou deseja aprender mais sobre um determinado tema.

Também faz parte da metodologia do Mentoring em Portugal, por exemplo, assessorar, aconselhar e apresentar serviços de coaching de carreira.  Esse método de aprendizagem transmite conhecimentos adicionais aos que são oferecidos nas áreas acadêmicas ou tecnológicas.

Assim, este processo pode estar presente dentro da política de salário emocional da sua empresa, para promover saúde mental e melhor retenção de talentos. Dessa forma, podemos afirmar que a mentoria é um tópico amplo e engloba diferentes abordagens. Por isso, vamos comentar os tipos de mentoring mais importantes, atualmente.

De maneira mais tradicional, a mentoria era realizada por  profissionais que estão há mais anos na empresa ou que tenham uma posição mais acima do mentorado. Hoje, sabemos que não há uma regra específica para  a formação e desenvolvimento dos funcionários.

Isso porque existem diversos tipos de necessidades e perfis nas organizações. E que muitas vezes, colaboradores mais jovens podem oferecer um conhecimento mais atualizados sobre um tema. Ou ainda, alguém de uma equipa ou setor que não esteja em um cargo de liderança pode saber bastante sobre um assunto e auxiliar um diretor de outra equipa.

Mentoring e Avaliações de Desempenho

Outro ponto relevante é que o Mentoring está conectado diretamente com a avaliação de desempenho. Isso porque de acordo com a análise feita durante a avaliação de desempenho ou feedback, podemos verificar a necessidade de aplicar o mentoring na empresa.

Os resultados provenientes do questionário de avaliação de desempenho ou feedback , permitem mais clareza nas decisões dos gestores de RH. Dessa forma, os gestores saberão com mais precisão quais funcionários têm urgência em desenvolver motivação no trabalho. Também é possível saber o que precisa ser trabalhado e quais tipos de mentoring seriam adequados para isso.

Portanto, como parte essencial da gestão de pessoas, é importante saber observar e escolher quem precisa de mentoring. Isso porque a organização dos processos de mentoria. E  mesmo em casos de mentoria online, deve trazer resultados para todos os envolvidos.

Com a finalidade de que os colaboradores utilizem esse momento para trocar conhecimento e aprender uns com os outros, tirar dúvidas, desenvolver novas skills, aprimorar outras habilidades, etc.

👉Não sabe como avaliar o desempenho dos funcionários? Descarregue um Modelo em Excel para avaliações de desempenho abaixo!

modelo de avaliacao de desempenho

Mentoring vs. Coaching

Com a recente popularização do termo coaching em Portugal, muitas pessoas ainda se confundem com a diferença entre mentoring e coaching.  Por isso vamos explicar esse dois termos em 3 partes principais:

1) Vida profissional x vida pessoal

O mentoring funciona como uma estratégia de desenvolvimento da vida profissional dos colaboradores. Essa estratégia busca o aperfeiçoamento de competências específicas e desenvolvimento de funcionários nas organizações. Desse modo, a mentoria pode auxiliar na realização de um plano de carreira bem sucedido para os seus colaboradores.

Já o coaching, é uma estratégia que foca mais em alcançar metas da vida pessoal das pessoas. Nesse caso, as metas de coaching também podem incluir algumas áreas da vida profissional. Contudo, o mentoring é mais exclusivo da área corporativa e prioriza o desenvolvimento dentro da equipa, função e cargo dos colaboradores através de funcionalidades definidas e adaptadas para as necessidades da empresa.

👉Plano de Carreira: Saiba o que é, como fazer o seu e descarregue um modelo personalizável grátis

2) Tempo de duração

De um lado, o coaching profissional pode auxiliar pessoas a se posicionarem no mercado de trabalho de maneira mais eficiente. De outro, o mentoring serviria para que uma vez já contratadas, essas pessoas continuem realizando um trabalho com melhores indicadores de produtividade e rendimento. Portanto, podemos identificar também uma diferença no tempo de duração de cada metodologia.

Dessa forma, o tempo de duração do mentoring é indefinido. Pois está relacionado com o budget da empresa, o tempo disponível do mentor e do mentorado e claro, o tempo em que o mentorado necessita para desenvolver as técnicas requisitadas.

Já o tempo de duração de uma estratégia coaching, geralmente passa por várias sessões, muitas vezes semanais e que duram alguns meses para terminarem. No geral, o coaching precisa de um intervalo de tempo entre uma sessão e outra. Enquanto no mentoring, todas as mentorias podem acontecer na mesma semana, ou em um dia completo.

Metodologia

Mesmo que ambas as metodologias podem estar sendo utilizadas como estratégia de motivação no trabalho, elas funcionam de maneira distintas.

Por exemplo, no mentoring as características pessoais dos colaboradores não são o foco principal como acontece no coaching. Neste caso, o objetivo é que a pessoa que estiver participando do processo de mentoring termine o processo sendo apta para realizar com eficiência o que se foi aprendido.

mentoring vs coaching

Outra característica que os difere, está na formação da sessão de mentoring ou de coaching. O coaching profissional pode ser realizado em grupos ou individualmente. Já os tipos de mentoring que apresentam melhores resultados são aqueles one-to-one.

Ou seja, quando um colaborador com mais experiência em um assunto ou técnica, ensina a outro colaborador que precisa desse conhecimento. Vale ressaltar que não existe uma regra única. As sessões e tipos de mentoring devem ser adaptados para a realidade da sua empresa.

Em resumo, a metodologia do coaching oferece sugestões táticas, ferramentas e conhecimentos estratégicos com a finalidade de orientar as pessoas profissionalmente. Por outro lado, a mentoria não funciona como uma sugestão, mas sim como conjunto de conhecimentos técnicos a serem aprendidos com o objetivo de desenvolver de maneira aprimorada uma determinada competência.

Tipos de Mentoring

Conheça agora os principais tipos de mentoring e decida qual se adapta melhor a cultura da sua empresa.

Peer to peer ou por pares

No programa de mentoring por pares, por norma os participantes são parte de uma mesma equipa, grupo etário ou possuem cargos semelhantes. Dessa forma, o conhecimento é repassado de maneira horizontalizada de forma a complementar uns aos outros e trocar experiências.  Esse tipo é bastante recomendado para líderes de equipa.

Mentoring de grupo

Como o próprio nome já indica,o mentoring de grupo engloba os funcionários e mentores interessados pelo mesmo tópico ou técnica. O objetivo final desse tipo de estratégia é que o grupo como um todo, alcance as metas definidas pelos mentores. Assim, uma forma de otimizar esse tipo de mentoring é criar atividades de team building e auxiliar na construção de um espírito de equipa e motivação no trabalho.

Mentoring reverso

Entre os tipos de mentoring, o mentoring reverso é aquele que comentamos no início deste texto.  Ocorre quando um colaborador mais jovem ou com menos tempo de experiência na empresa traz uma perspectiva desde um ponto de vista diferente para o mentor. Nesse modelo, essa troca de experiências entre colaboradores que estão em diferentes posições ou realizando tarefas diferentes podem complementar seus conhecimentos.

Cross-mentoring

O cross-mentoring acontece quando um colaborador faz a mentoria para um um setor ou equipa diferentes da sua. Essa troca de saberes, além de trazer novos olhares para todos os participantes, permite uma melhor integração entre colegas. Pode ser até mesmo entre diferentes empresas ou especialistas de diferentes áreas. Desse modo, também ajudando a fomentar a motivação no trabalho e a saúde mental dos funcionários.

mentoria nas empresas

Mentoring formal x informal

Finalmente, antes de conhecer esses dois tipos de mentoring, vale lembrar que o nome informal nesse contexto tem outra conotação.

Isso significa que o mentoring formal seria aquele que as pessoas envolvidas, o tempo de duração e o conteúdo da sessão são previamente estabelecidos para a organização. Como exemplo de mentoring formal podemos citar o programa de trainee das empresas.  Enquanto o informal, seria uma mentoria que cabe aos participantes decidirem o tema, os horários e não dispõe de uma obrigatoriedade de avaliação ao término do processo.

Mentoring e a motivação no trabalho

Agora que já sabe o que é o mentoring e como funciona em Portugal, é preciso perceber suas vantagens. Portanto, para que a sua gestão de pessoas seja a mais humanizada possível, temos que comentar sobre a importância do desse processo como estratégia de motivação no trabalho.

Isso porque empresas que investem em mentoring apresentam melhores taxas de retenção de talentos e maior engajamento com o Employer Branding. Além disso, podemos pontuar como outros benefícios:

  • Melhores indicadores de saúde mental;
  • Melhores indicadores de performance;
  • Menores níveis de taxa de abstenção;
  • Menor rotatividade de do corpo de funcionários;
  • Diminuição dos pedidos de baixas médicas;
  • Aumento na eficiência em realizar tarefas que antes tomavam mais tempo;
  • Sentimento de pertença e capacitação profissional;

Isso ocorre porque a motivação no trabalho é resultado do sentimento de realização dos objetivos com maestria e eficácia. Quanto menos dificuldades o funcionário encontrar no seu ambiente de trabalho, mais motivado se sentirá para realizar os objetivos.

Mas para que a motivação no trabalho ocorra, é importante manter um nível elevado e constante de formação de funcionários. Assim, quando uma meta é completada com boa qualidade,  gera uma sensação de “dever cumprido”. Como se fosse uma recompensa para todo aquele esforço prévio.

Finalmente, o mentoring aplicado com o foco na motivação do trabalho, resultará em melhorias para suas equipas e para a empresa de maneira geral. Como papel do setor de RH, é importante organizar programas de mentoria internos ou entre profissionais de diferentes empresas que façam sentido para as necessidades de seus colaboradores.

mentoria online

Tecnologia em RH para Mentoria Online em Portugal

Um dos grandes desafios para o setor de RH com o crescimento do teletrabalho, ocorreu na organização de programas de mentoria online.  Mas graças à evolução na tecnologia em RH, muitos dos processos de Recursos Humanos já podem ser feitos de maneira automatizada.

Com a Factorial, é possível usar o software de Recursos Humanos mais completo do mercado, com as principais ferramentas para facilitar a sua rotina.

Finalmente será possível:

  • Organizar a mentoria online e escolher quem irá participar
  • Criar um evento no calendário da empresa.
  • Comunicar os participantes sobre o evento, seja de maneira individual ou em grupo.
  • Criar pesquisas internas e questionários de avaliação de desempenho para analisar o que foi alcançado durante o processo de formação.
  • Extrair relatórios sobre os programas e planear melhor os próximos.

Tudo isso de forma muito segura, fácil e eficiente. Isso porque a Factorial reúne todos os processos mais importantes do seu dia-a-dia em um só sítio. Invista mais tempo no que realmente importa: as pessoas.

Otimize seus processos de RH com a Factorial. Registe-se grátis e teste todas as funcionalidades do software de Recursos Humanos por 14 dias.

This post is also available in: Italiano Português BR

Postagens relacionadas

Deixe um comentário