Ir para o conteúdo

Tendências de RH para 2023 em Portugal: as 12 principais que não pode perder

·
9 minutos de leitura
tendências de rh

Já está à procura das tendências de RH para o novo ano? Criámos uma lista com as principais tendências que todos os profissionais da área de Recursos Humanos precisam de conhecer. Para além disso, encontre o nosso Kit de Gestão de RH 2023: um conteúdo gratuito cheio de recursos indispensáveis para o setor!

Para profissionais de Recursos Humanos, conhecer as tendências de RH para 2023 dá as ferramentas, ideias, estratégias e ações necessárias para melhorar a rotina de trabalho dos RH e, consequentemente, melhorar o bem-estar dos colaboradores.

Em 2022, escreveremos um artigo sobre as tendências de RH 2022. Com ele pôde aprender mais sobre upskilling, universidade corporativa, people analytics, cibersegurança, diversidade, entre outras novidades que melhoraram o seu dia a dia e dos seus funcionários.

Agora, novas tendências e desafios chegam para 2023 com o intuito de transformar ainda mais o departamento de gestão de pessoas que, no passado, gastava muito tempo com processos manuais. Saiba tudo neste artigo!

Tabela de Conteúdos:

Maiores desafios para o RH em 2023

Como dissemos acima, prevêem-se alguns desafios de RH para 2023. Antes de referirmos as tendências de Recursos Humanos, é importante compreender que desafios o esperam. Esta é uma ótima forma de planear e superar estas dificuldades. Veja como abaixo!

Demissões Voluntárias

A demissão voluntária em massa é um fenómeno de nome Great Resignation, que começou nos Estados Unidos. Apesar de ter iniciado nos EUA, este tipo de acontecimento também chegou a outros países, incluindo Portugal.

Um estudo realizado pela Pew Research Center, e apresentado pela revista GQ Portugal, comprova que os jovens lideram esta onda de demissões voluntárias. Em 2021, 37% dos jovens entre os 18 e os 29 anos demitiram-se. Adicionalmente, um estudo da PwC declara que é expectável que 27% dos jovens se despeçam dos seus empregos nos próximos 12 meses.

Os principais motivos para as demissões voluntárias, de acordo com um estudo realizado pelo instituto GPTW (Great Place To Work), são:

📥 Se necessitar de um modelo de carta de rescisão de contrato, temos dois para si (um para empregados e outro para empregadores)!

Quiet Quitting e Quiet Firing

Outro desafio para os RH, que surgiu no último ano e pode seguir para o próximo, é o Quiet Quitting, também conhecido por demissão silenciosa. Esta trend consiste em não se demitir do seu emprego, mas continuar no mesmo, só que realizando o mínimo. Neste sentido, o colaborador não se envolve com a empresa, tornando-se psicologicamente descomprometido com o trabalho e realizando apenas o necessário.

Esse tipo de não-envolvimento por parte dos colaboradores pode ser um grande desafio para o departamento de RH. Como é mais discreto, é possível que os profissionais de RH não se apercebam desta decisão. Os trabalhadores fazem o que é solicitado e cumprem as suas principais responsabilidades, mas não vão mais além.

Os motivos que ainda fazem o profissional permanecer na empresa, sem pedir a demissão, podem ser a falta de outras opções de emprego ou por motivos financeiros.

quiet quitting and quiet firing

Portanto, o desafio dos Recursos Humanos é oferecer recursos e condições para os funcionários desempenharem melhor. Começar por ações de agradecimento profissional e que promovam o bem-estar laboral podem ser cruciais.

Se, por outro lado, o empregador não integra o colaborador, nem procura ter ações que promovam o bem-estar e envolvimento, o mesmo pode estar a incorrer no outro fenómeno, o quiet firing.

Retenção de Talentos

Com os fenómenos acima a acontecer no mundo do trabalho, a retenção de talentos torna-se difícil e preocupante para a área de RH. Um dos causadores destas mudanças foi, sem dúvida, a pandemia. Esta trouxe novas regulamentações de trabalho, expectativas renovadas, maior flexibilidade, escassez de talentos e problemas de saúde mental.

Nesse sentido, com a pandemia relativamente controlada, é necessário procurar tendências de RH para 2023. Afinal, o mercado de trabalho irá começar o ano com a superação destes desafios e com a procura pela retenção de talentos nas empresas.

📥 Sabia que ter um eNPS elevado ajuda na retenção de talentos? Descarregue o nosso modelo e comece já a fazer este estudo na sua empresa!

Kit de Gestão de RH 2023

Juntámos os melhores (e mais essenciais) recursos de RH num só lugar. Com este infográfico em mãos, terá acesso a modelos, workshops, e-Books, testes, artigos e todo tipo de conteúdo que pode ser utilizado para agilizar e otimizar os processos de gestão de pessoas.

⬇️ Descarregue grátis o nosso Kit de Gestão de RH 2023 ⬇️

kit de gestão de rh para 2023

As 12 principais tendências de RH para 2023

Vejamos agora quais as principais tendências de RH para 2023. Assim, ficará muito mais fácil superar os desafios do setor de Recursos Humanos, focando-se nas tendências deste setor. Afinal, atrair, recrutar e reter os profissionais mais talentosos do mercado é cada vez mais desafiador.

E, por isso, trazemos-lhe as 12 principais tendências de RH para 2023, que ajudarão a sua empresa a sobressair perante a concorrência.

1. Factorial HR: software tudo-em-um

O software all-in-one, ou seja, software “tudo-em-um”, é uma tendência que veio para ficar. É uma tecnologia que reúne todas as ferramentas que determinado setor precisa, possibilitando a otimização da gestão, tarefas, processos e dos resultados.

Para RH, essa tecnologia não é somente uma tendência, como uma salvação. Com a ajuda de um software, os profissionais de Recursos Humanos podem deixar as tarefas burocráticas a cargo do software e, assim, conseguem focar-se no que realmente importa: as pessoas. Aliás, focar nas pessoas é mais uma tendência que só cresce.

Pois é, os sistemas de RH são uma das maiores tendências neste momento, bem como automatizar todos os processos da sua empresa. Se quiser aderir, contamos-lhe como abaixo.

O software de RH da Factorial é o mais completo do mercado. Com ele, o departamento de RH pode realizar diversas funções, incluindo muitas que são tendências de Recursos Humanos para o novo ano:

Conheça ainda melhor o software da Factorial e prepare-se para seguir esta nova tendência. Experimente por si mesmo clicando na imagem abaixo! ⬇️

software-rh-dp-360

2. Anywhere Office

Os novos modelos de local de trabalho já são uma realidade desde 2020, mas devem continuar ainda mais fortes em 2023. Para além disso, também diferentes formatos de contratação irão fazer parte do dia a dia das empresas.

O trabalho em formato “anywhere office” (ou seja, “escritório em qualquer lugar”) será cada vez mais comum. Isso acabará gerando mais contratos em teletrabalho, tempo parcial, trabalho híbrido, entre outros. Portanto, a partir de agora, os RH precisam de se adaptar aos novos processos relacionados com esses diferentes modelos de trabalho.

Isto porque os novos modelos de trabalho exigem novos processos, tal como a assinatura digital, gestão de documentos, controlo de ponto digital, entre outras tecnologias adaptáveis para todas as oportunidades de contratos laborais.

3. Metaverso no RH

O metaverso nunca esteve tão em alta como neste último ano. Esse conceito trata-se de uma verdadeira realidade paralela, ou seja, um ser humano pode interagir por meio de avatares no mundo digital, e ter uma experiência real num ambiente simulado.

Essa tecnologia revoluciona o mundo dos jogos, filmes e outros modelos de entretenimento. Porém, o setor de RH já está a ser impactado por esta novidade.

Afinal, o metaverso pode ser aplicado nos processos de recrutamento, seleção e onboarding, nos programas de formação imersivos, nas reuniões digitais à distância, entre outras situações do mundo corporativo!

📥 Descarregue um guia para organizar um processo de onboarding online.

4. Tendências de RH voltadas para as Soft Skills

Profissionais que preferem os novos formatos de contratos de trabalho, maior flexibilidade e autogestão precisam de estar aptos à distinção de dados e saber como interpretá-los. Afinal, as instituições tornam-se cada vez mais abertas, sem tantas hierarquias e burocracias.

Um estudo do Deloitte Access Economics supõe que os cargos com uso de soft skills representarão dois terços de todos os empregos até 2030. Sendo assim, o RH precisa de procurar profissionais com soft skills, inclusive para o próprio setor.

As soft skills mais desejadas do momento são:

  • Inteligência emocional;
  • Comunicação eficaz;
  • Comunicação não-violenta;
  • Confiança;
  • Empatia;
  • Motivação;
  • Foco;
  • Colaboração (trabalho em equipa);
  • Versatilidade (flexibilidade);
  • Resiliência;
  • Criatividade;
  • Ética Empresarial;
  • Negociação.

5. Avanços no uso de IA no recrutamento e seleção

Uma das tendências de Recursos Humanos 2023 é o avanço no uso de inteligência artificial (IA) no recrutamento e seleção. Isso porque os softwares de captação de candidatos às vagas estão a desenvolver o máximo de atividades possíveis sem o contato humano.

Portanto, esse setor poderá contar com softwares mais inteligentes de localização de candidatos, indicando quais os profissionais compatíveis com as vagas. Isso tudo independentemente da localização geográfica dos profissionais.

Estas novas tecnologias são bem-vindas porque o mercado de trabalho está mais globalizado e competitivo. Sendo assim, é uma ótima forma de competir com a concorrência que, desde 2020, se tornou mundial.

👉 Aprenda mais sobre os software ATS (applicant tracking system) para recrutamento!

tendências de rh 2023

6. Lifelong Learning

Outra das tendências de Recursos Humanos para o ano que se avizinha é o conceito lifelong learning, que significa “aprender ao longo da vida” em português. Esta ideia está cada vez mais em alta no mundo corporativo e tende a continuar.

Na prática, este conceito nada mais é do que o desenvolvimento contínuo do conhecimento e habilidades que as pessoas aprendem além dos diplomas escolares, universitários e de especializações.

Estes conhecimentos, adquiridos ao longo da vida profissional, podem ser retirados de métodos e processos de ensino oferecidos aos colaboradores. Por isso, é importante realizar uma boa gestão de formações, quer sejam internas ou externas.

7. Tendência de RH para o aumento da importância do papel da liderança

O papel dos líderes como motivadores no trabalho sempre foi fundamental, mas é ainda mais importante para 2023. De acordo com um estudo realizado pela Gartner, a mais de 850 líderes de RH em 60 países, 60% dos entrevistados acreditam que a principal tendência de RH para 2023 é a eficácia dos líderes e gestores.

Sendo assim, os RH precisam de encontrar novos meios para aprimorar a forma como os líderes e gestores lideram, impulsionando um relacionamento mais empático, humano, autêntico e adaptável.

8. Reskilling

Reskilling (que, em português, significa requalificação) é mais uma das tendências de RH 2023. Esta consiste numa estratégia de mobilidade interna, ou seja, encontrar talentos dentro da empresa. A verdade é que é uma ótima forma de vender o desafio da atração e a retenção de profissionais.

Basicamente, o departamento de RH precisa de fazer o mapeamento de funcionários dentro da própria instituição e incentivar a aprendizagem de novas habilidades (áreas de conhecimento diferentes de onde a pessoa trabalha), visando eliminar a necessidade de contratação de talentos externos.

9. Comunidade corporativa

As comunidades estão em alta em todos os setores, inclusive no ambiente corporativo. Pensando nisso, uma das principais tendências de RH 2023 é a comunidade corporativa, que nada mais é do que a criação de um ambiente onde os aprendizagens, conquistas, eventos e outras informações relevantes são partilhadas.

Quanto mais os funcionários partilham informações e conhecimento entre si, mais eles aprendem. Para isso, os profissionais de RH precisam de contar com softwares tecnológicos, que tenham funcionalidades como um portal do colaborador.

EsTa é uma ótima forma de envolver os profissionais ainda mais no processo de aprendizagem, gerando uma comunidade com senso de pertença.

💡 Conheça a funcionalidade eventos e comunidades da Factorial!

10. ESG: responsabilidade ambiental, social e governamental

Já ouviu falar sobre Índice ESG (IESG)? Esta é uma unidade de medida desenvolvida pela MindMiners e o Google, que mede o grau de conexão de uma determinada empresa às áreas de Meio Ambiente, Social e Governança.

Se quiserem melhorar o employer branding da empresa e a cultura organizacional, os Recursos Humanos precisam de pensar em ações e estratégias para aplicar o conceito de ESG na empresa.

11. Bem-estar no trabalho

Há alguns anos que o bem-estar no trabalho domina as estratégias do setor de RH, e assim se prevê continuar em 2023. Ou seja, os RH têm de criar ações efetivas sobre a saúde ocupacional, relacionadas com a ansiedade, depressão, stress e burnout.

Para além disso, a área de Recursos Humanos também precisa de se preocupar com outros problemas que impactam o bem-estar dos colaboradores, tais como:

  • Síndrome do Impostor: caracterizada por pessoas com tendência à auto-sabotagem;
  • Glass Celling: barreiras invisíveis que dificultam a promoção das mulheres e outras minorias na vida profissional;
  • Conflito de Gerações: problemas entre profissionais de diferentes idades dentro de uma empresa.

12. Tendência de RH para a flexibilidade de horário e autogestão

Mais acima, contámos-lhe sobre a tendência de RH para novos modelos de contrato de trabalho. Tal como esta tendência, também as rotinas de trabalho são impactadas. Porquê? Porque diferentes contratos possibilitam uma flexibilidade de horário e autogestão no dia a dia dos colaboradores.

Nesse sentido, os RH precisam de se preparar para adaptar processos, como realizar onboardings digitais, controlar a gestão de turnos, entre outras mudanças que farão parte desses trabalhos com jornadas mais flexíveis.

Além disso, a autogestão também fará mais sentido em relação à flexibilidade, já que os profissionais podem equilibrar a vida profissional com a pessoal. Para isso, a área de Recursos Humanos precisa de aplicar a avaliação de desempenho para entender como está o desenvolvimento dos funcionários.

Na Factorial pode encontrar ferramentas que o ajudarão tanto a seguir a tendência da flexibilidade horária, como as restantes 11 tendências que mencionámos ao longo deste artigo. Descubra como, no vídeo que lhe deixamos abaixo! ⬇️

✅ Seja um dos primeiros a seguir as tendências de RH para 2023 e experimente o software da Factorial durante 14 dias, de forma gratuita!

Este artigo também está disponível em: Brasil

A Catarina é a Content Specialist da Factorial para o mercado português. Com um mestrado em Gestão de Marketing, iniciou a sua carreira profissional na Factorial, com o intuito de aprender mais sobre Inbound Marketing e Recursos Humanos. O seu objetivo é trazer conteúdo interessante e atualizado aos leitores!

Artigos Relacionados

Recursos semanais para profissionais de RH.

Inscreva-se na nossa newsletter semanal e receba as últimas tendências, dicas e notícias sobre Recursos Humanos

Ao subscrever, está a aceitar o processamento dos seus dados para receber as informações solicitadas. Política de Privacidade